Janaína Paschoal e bate-papo “Deu na telha”


O hangout de hoje, gerou um pouco de polêmica. Vejamos se isso esclarece as coisas.

1) Não queríamos dar a entender que ela pessoalmente participava de uma “conspiração” para salvar um certo segmento da esquerda brasileira, embora sem sombra de dúvidas seja o caso do grupo político a que ela está vinculada nesse momento.

A razão é bastante óbvia e dispensa qualquer análise da estrutura interna do movimento comunista pra ser percebida: este “certo segmento” da esquerda, agora periférico, e o grupo político que Janaína apoia/colabora são A MESMA COISA. É constituída de Bicudos, FHC’s, Reale Jr’s e tutti quanti. Todos loucos pra salvarem as suas respectivas imagens (e do esquerdismo enquanto ideal, se possível) com a derrocada do comunopetismo.

2) Ainda assim, creio que tenhamos dito mais de uma vez que não poderíamos atribuir à pessoa da Janaína qualquer intenção de colaborar com esse projeto. Qualquer fala que produza este feito se dá pela colaboração de dois fenômenos:

a) A natureza amórfica do ideal comunista (se não há um projeto definido, não há comprometimento com os resultados práticos).

b) O fato do ideal comunista ser identificado com o próprio comunismo real e concreto no senso comum. Daí certos esquerdistas insistirem, de modo sincero, que Dilma e PT não são sequer de esquerda.

3) Portanto, não é NADA impossível que ela identifique o esquerdismo a partir do seu ideal (e derive daí a sua concepção igualmente torta de direitismo) e portanto denuncie TODOS os males concretos que o Foro de São Paulo empreendeu na América Latina sem jamais se atinar que o comunismo está NA BASE desses males. As únicas vezes que lhe atribuímos intencionalidade DIRETAMENTE foi quando fazíamos gozação, simplesmente porque o papo de tarde era descontraído. Alguém aqui acha que eu faço análise política séria comparando Hélio Bicudo e Janaína Paschoal ao desenho “Pink e o Cérebro”?

4) Sim, ela foi excelente em denunciar as perseguições políticas que ocorrem na Venezuela e que provavelmente ocorrerão no Brasil se não for tomada uma atitude. Mas aplaudir uma coisa não implica em tapar os olhos pra outra. Tomar uma atitude e dar a vitória moral à esquerda “ética e democrática” de Bicudo e Cia é perder a chance de dar um golpe mortal no movimento como um todo.

5) Por mais que eu acredite que o Impeachment do Hélio Bicudo vai nos causar problemas lá na frente por dar fôlego político à esquerda, reconheço que é um problema menor e menos urgente que a Dilma. Portanto, se o Impeachment vier por essa via, será muito bem-vindo e comemorado. No dia seguinte a gente vê o que faz com os que sobraram.

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s