Produção de veículos recuou 18,5% no primeiro semestre


SÃO PAULO – A produção de veículos no Brasil acumula queda de 18,5% no primeiro semestre em relação ao igual período do ano passado, com uma produção total de 1,277 milhão, informou a Anfavea, associação das montadoras, nesta segunda-feira. A queda no semestre está acima do ritmo previsto para o ano pela Anfavea, de 17,8%, para 2,58 milhões de veículos. Já as vendas caíram 20,7% no semestre, a 1,32 milhão de unidades.

O mês de junho registrou um recuo de 14,8% frente ao mesmo mês de 2014. Já as vendas caíram 19,4%, para 212,5 mil unidades. Na comparação com maio, a queda na produção foi de 12,5%, para 184 mil carros, comerciais leves,caminhões e ônibus novos, com quedas em todas as linhas. As vendas tiveram um recuo de 0,1%, somando um total de 212,5 mil unidades

PRODUÇÃO DE CAMINHÕES CAIU 45%

Somente em caminhões, a produção caiu 35,5% em junho sobre o mesmo mês de 2014, acumulando no semestre tombo de 45,2%. O presidente da Anfavea, Luiz Moan, afirmou que a produção de caminhões em junho só não foi menor que a produção de junho de 1999.

– A confiança dos consumidores está bastante abalada – disse Moan.

O setor encerrou junho com estoques de 338,8 mil veículos ante 361 mil em maio.

– Até pelo menos o final de agosto, a política de ajuste de produção das montadoras estará presente – disse Moan.

O executivo afirmou que até junho, 36 mil trabalhadores do setor estavam em licença remunerada, equivalente a cerca de 27% da força de trabalho do setor. Ele defendeu a adoção pelo governo federal de medidas que ajudem na manutenção dos empregos da indústria.

Para o mercado externo, as vendas de veículos e máquinas agrícolas em valores encerraram junho em alta de 20,1% sobre o mesmo mês do ano passado, a US$ 1 bilhão, mas caíram 19,7% sobre maio e fecharam a primeira metade do ano em baixa de 7,4%.

Em unidades, as exportações de autoveículos montados no mês passado dispararam 96,8% sobre junho do ano passado, a 48,1 mil unidades, com países como México, Peru e Chile avançando dois dígitos. Em máquinas agrícolas, as vendas externas em unidades caíram 9%, a 1,1 mil unidades.

Moan explicou que as diferenças entre o comportamento das exportações em valores e em unidades está no mix de produtos vendidos ao exterior, de menor valor.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/producao-de-veiculos-recuou-185-no-primeiro-semestre-16673923#ixzz3f8EEwBKd
© 1996 – 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s